Nesta quarta-feira, projeções de mercado de que o relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sobre exportações mostrará aumento dos embarques de milho país puxaram para cima as cotações do cereal. Os lotes para março avançaram 1,66% (9 centavos de dólar), para US$ 5,52 o bushel, e os papéis de segunda posição, para maio, subiram 1,24% (6,75 centavos de dólar), a US$ 5,49 o bushel.

Conteúdo retirado do site: Valor