O primeiro levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre a safra 2021/22 de café, divulgado hoje, prejetou uma produção total, somados conilon e arábica, de 43,8 milhões a 49,5 milhões de sacas, o que representa uma redução de 30,5% a 21,4% em relação a 2020/21. O próximo ciclo será de bienalidade negativa.

Conteúdo retirado do site: Valor