Conab prevê recorde na produção regional de grãos em Rondônia

Produto que mais impulsionou o recorde foi a soja, que deve atingir 1,1 milhão de toneladas no estado, com acréscimo de 1,3%

O estado de Rondônia deverá bater o recorde na produção regional de grãos, com 2,1 milhões de toneladas na safra 2018/2019, o que representa um crescimento de 6% ou 119 mil toneladas se comparado à anterior. Os números atualizados constam do 11º levantamento, divulgado semana passada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A área plantada também apresenta aumento de 3,1% e registra um espaço total de 581,4 mil hectares plantados.

Segundo o levantamento, o produto que impulsionou o recorde foi a soja, que deve atingir 1,1 milhão de toneladas, com acréscimo de 1,3%. A região do cone sul responde por mais de 67% dessa produção, tendo o município de Vilhena como o maior produtor.

Outro produto que contribui para esse volume é o milho, que deve chegar a 836,8 mil toneladas, 12,7% maior que do que a safra passada. Embora a produção do milho primeira safra tenha ficado em 31,1 mil toneladas, com uma redução de 56,7%, o de segunda safra terá um rendimento de 805,7 mil toneladas, 20,2% a mais em relação à safra de 2017/2018. A colheita do segunda safra está praticamente finalizada, chegando a 97% da área plantada.

Já com relação à produção de feijão e arroz, os números da Conab sinalizam para uma estabilidade. O arroz permanece nas 137,5 mil toneladas da safra passada, enquanto o feijão variou apenas 1,2% positivamente, chegando 8,2 mil toneladas. O cultivo predominante é do arroz de sequeiro e do feijão-comum cores.
 
As culturas que tiveram aumento de área no estado foram o milho segunda safra, com área total de 178,8 mil hectares, a soja (333,7 mil ha), arroz (42,2 mil ha), feijão (9,4 mil ha) e o algodão (4,5 mil ha). Redução de área ocorreu apenas para o milho primeira safra, que passou de 29,1 para 12,6 mil hectares.

fonte: Conab

Deixe seu comentário