O jovem Danilo foi titular no histórico triunfo sobre o Santos, alcançado na noite de sábado, pela final da Copa Libertadores. Um dia após o título continental, ainda sem a exata dimensão do feito no Maracanã, o meio-campista elogia o técnico Abel Ferreira.

“Quando vi o Breno cabecear e a bola entrar na rede, fiquei sem acreditar. Como estou até agora sem acreditar ainda que sou campeão da Libertadores. Ainda não caiu a ficha. Foi um momento de felicidade”, disse Danilo, ao relembrar o lance do gol, em entrevista ao Sportv.

Com 19 anos de idade, o meio-campista formado nas categorias de base do Palmeiras tem somente 30 jogos pelo time principal, com um gol marcado. Lançado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, Danilo também tem moral alto com o português Abel Ferreira.

“Agradeço ao Luxemburgo por ter me subido e dado as primeiras oportunidades. O Abel e a comissão ajudaram bastante para o crescimento meu e do grupo. Ele tem bastante importância nesse título. É um técnico muito inteligente, humilde, gente boa e coração bom”, descreveu Danilo.

O jovem campeão continental, agora, começa a pensar no Mundial de Clubes a ser disputado no Catar. Na semifinal do torneio, o Palmeiras encara o vencedor do confronto entre Tigres e Ulsan, enquanto o Bayern de Munique espera por Al Duhail ou Al Ahly.

“Tem Boateng, Alaba”, disse Danilo, sobre o time alemão. “Quando for para jogar contra o Bayern, também não vai cair a ficha. Jogo bastante com o Bayern de Munique no videogame com meus amigos e vou ser muito feliz por ver esses caras de perto”, imaginou.


Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

 

Deixe seu comentário

Conteúdo retirado do site: Gazeta Esportiva