DIRETO DA FONTE: Monte Negro está na rota do Turismo Internacional

Confira a Coluna

EnfocoNotícias – PAULO BESSE

VALE DO JAMARI NA ROTA DO TURISMO

Rondônia fará o mesmo que os peruanos: mostrará ao Brasil suas potencialidades turísticas, até mesmo aquelas desconhecidas da sua própria população. O compromisso foi firmado pelo superintendente estadual Do Sebrae, Daniel Pereira, durante o 1º Workshop Internacional de Turismo do Vale do Jamari, no auditório da Associação Comercial de Ariquemes.

O evento mostrou exemplos da Costa Rica em termos de consciência do turismo autossustentável e melhor prestação de serviços, e do Peru, em políticas públicas para o setor. “O turismo pode ser o agente mais importante na transformação da pobreza”, disse a consultora internacional Lorena San Román, mencionando a atual situação de seu país, a Costa Rica.

O número de visitantes àquele país subiu de 329 mil em 1988, para 1 milhão em 1999, até alcançar 2 milhões de turistas estrangeiros em 2008. Em 2014, o número de visitantes alcançou o recorde de 2,5 milhões de turistas estrangeiros, proporcionando receita de US$ 2,6 bilhões.

MONTE NEGRO TURÍSTICA

Após este Fórum, que o mundo venha para Rondônia, porque o nosso sonho é para ser realizado, e Monte Negro, tem muito para mostrar também. “O turismo faz gerar renda, move a economia, e se for autossustentável crescerá, porque a população necessita dele”, disse Evandro Marques, prefeito de Monte Negro. “Que me perdoem as outras regiões turísticas, mas o Vale do Jamari, Monte Negro tem muitas riquezas a serem mostradas”, concluiu Evandro Marques.

BOLSA FAMÍLIA, MAIS UM GOLPE

Um novo golpe, veiculado por meio de mensagens no aplicativo WhatsApp, promete a liberação instantânea do décimo terceiro salário do Bolsa Família para beneficiários do programa, segundo informações divulgadas pelo Ministério da Cidadania.

De acordo com o alerta, a mensagem fraudulenta contém um link que redireciona o usuário para uma página onde são solicitados os dados pessoais, como nome completo, CPF e endereço. A mensagem exige ainda que a vítima compartilhe o link com todos os seus contatos para que o pagamento seja efetuado.

O ministério esclarece ainda que o governo federal não faz nenhum tipo de coleta de dados por meio das redes sociais e que a atualização de informações de famílias beneficiarias de programas sociais deve ser feita exclusivamente no órgão responsável no município.

BOLOS E SALGADINHOS

A prefeita de Quedas do Iguaçu (PR), Marlene Fátima Revers (Pros), é investigada pela Câmara dos Vereadores por supostos gastos excessivos na compra de bolos e salgados. Parecer aberto em maio deste ano pede a cassação da chefe do Executivo municipal. Marlene Revers pode sofrer impeachment por gastos excessivos com lanches para um de conselho de cinco pessoas.

Entre setembro de 2017 e julho de 2018 foram gastos mais de R$ 270 mil com a compra de quase 6,5 toneladas de bolo e mais de 36 mil salgadinhos para reuniões do Conselho Municipal de Assistência Social. Se dividido pelos 11 meses destacados, o total equivale a 199 bolos de três quilos por mês – quase sete por dia. E, considerando 100 gramas por pedaço de bolo, seriam necessárias 65 mil pessoas para consumi-los, aproximadamente o dobro da população da cidade.

DOOU SANGUE, GANHOU!

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou projeto que concede meia-entrada em espetáculos artístico-culturais e esportivos para os doadores regulares de sangue. O projeto de lei, PL 1.322/2019, do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) recebeu voto favorável do relator, senador Romário (Podemos-RJ), nesta quarta, 10. O texto agora segue para a Câmara dos Deputados, se não houver recurso para votação no Plenário do Senado.

Apesar de o Ministério da Saúde fazer campanhas anuais para incentivar a doação de sangue, um levantamento da pasta demonstrou, em 2016, que apenas 1,6% da população brasileira aderiu a essa prática.

Esse percentual está abaixo de parâmetro da Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de engajamento de ao menos 4% da população de um país nesse tipo de doação.

VOCÊ PAGOU A CONTA

O PT teria usado quase R$ 1 milhão do Fundo Partidário, ou seja dinheiro público, para bancar o movimento Lula Livre desde abril do ano passado, revela a revista Istoé, que teve acesso a planilhas de gastos do partido. O dinheiro teria sido gasto com passagens aéreas, diárias em hotéis e alimentação para os petistas, incluindo a ex-presidente Dilma Rousseff, os senadores Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias, e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

O dinheiro teria custeado também locação de veículos, aluguel de salas para reuniões, segurança privada e o acampamento erguido pelos militantes em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba. Só com passagens aéreas o partido teria gastado mais de R$ 200 mil, inclusive em pelo menos uma ocasião a do advogado de Lula, Cristiano Zanin.

O SEU APOIO MANTÉM O JORNALISMO VIVO

O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do EnfocoNotícias. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos. Apoie o jornalismo do EnfocoNotícias

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para: paulobesse559@gmail.com

Deixe seu comentário
Artigo anterior30 melhores cidades para se morar no Brasil: ranking
Próximo artigoPorto Velho – Adolescente tenta matar colega
PAULO BESSE Jornalista – DRT-559-SP Paulista de Presidente Prudente, Paulo da Silva Besse tem uma longa carreira nos meios de comunicação e é considerado um dos repórteres políticos mais atuantes de Rondônia. Paulo Besse é jornalista de opinião e começou sua trajetória no rádio, ainda em sua cidade natal. Fã do rádio, o comunicador lapidou seu talento para o jornalismo como repórter de rádio. Sua aptidão excepcional garantiu passagem pelas principais emissoras de televisão do Brasil como a BAND de São Paulo, TV GLOBO de São Paulo e RBS/TV de Porto Alegre. Sempre atuante, sua ultima passagem pela televisão, inclui a TV RECORD. Formado em jornalismo pela UNESP/SP, também é publicitário e cientista politico, graduado pela USP/SP.