Espetáculo 'Palavra de Mulher' acontece em João Pessoa nesta sexta e sábado

Peça revisita o universo feminino a partir de canções de Chico Buarque. Espetáculo vai ser no Teatro Santa Roza. Espetáculo “Palavra de Mulher” comemora 10 anos
Divulgação/Assessoria
O espetáculo “Palavra de Mulher” é apresentado em João Pessoa, no Teatro Santa Roza, às 20h desta sexta-feira (26) e sábado (27). A peça – em cartaz há 10 anos – mistura show e teatro e revisita o universo feminino a partir de canções de Chico Buarque.
Lucinha Lins, Tânia Alves e Virgínia Rosa emprestam corpo e voz a tantas outras mulheres para, num clima de cabaré, falar, através da música, de amores, dores de amores, esperança, solidão, encontros, desencontros, sedução, felicidade, força, abandono, liberdade, sonhos e conquistas.
“Palavra de Mulher” foi concebido e tem direção geral de Fernando Cardoso e em 10 anos já passou por mais de 50 cidades. Em 2014, recebeu quatro indicações ao prêmio Bibi Ferreira nas categorias de melhor musical brasileiro, melhor diretor, melhor diretor musical e melhor atriz.
Em um clima de cabaré, com adereços e objetos cênicos, além da iluminação e figurino, as atrizes e cantoras se revezam com interpretações de músicas de Chico Buarque em trio, duo e solo.
“Elas são artistas com personalidades diferentes, porém as três se harmonizam de uma forma fora do comum. Cada uma delas tem uma qualidade oposta da outra, mas quando se juntam o resultado é de uma grande beleza. Elas têm uma versatilidade incrível”, enfatiza Fernando Cardoso.
Para o diretor, o espetáculo é uma homenagem às personagens femininas criadas por Chico Buarque. “O compositor soube traduzir a alma feminina com mulheres passionais que não medem esforços quando o objetivo é o amor”, completa.
Os ingressos são vendidos nas lojas FurtaCor dos shoppings Mag e Tambiá, além da bilheteria na hora do espetáculo, por R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). E, nesta sexta-feira (26), quem doar um kit de higiene no ato da compra, paga meia-entrada. Os produtos arrecadados serão destinados à Rede Feminina de Comabate ao Câncer.


Fonte:G1

Deixe seu comentário