SÃO PAULO – Na semana que vem, o investidor brasileiro terá a rara oportunidade de investir no fundo Verde, da gestora de mesmo nome do renomado Luis Stuhlberger, conforme antecipado pelo InfoMoney.

A reabertura do multimercado na XP, por meio do veículo Verde AM X60 (fundo espelho), se dará em duas janelas.

Na primeira, no dia 8 de fevereiro, próxima segunda-feira, o investimento poderá ser feito somente via assessor e demandará aplicação mínima de R$ 1 milhão para novos cotistas. Para quem já é cotista do fundo, o valor mínimo exigido cai para R$ 10 mil.

A XP informou a clientes que os aportes serão por ordem de chegada, com o risco de o fechamento ocorrer em poucos minutos.

A segunda janela estará aberta entre os dias 9 e 10 de fevereiro, até as 14h30, a princípio, já que, a depender do ritmo de aportes, o fechamento poderá ocorrer antes disso.

Nesse caso, o investimento poderá ser feito diretamente pela plataforma da XP, com aplicação mínima de R$ 50 mil para novos cotistas, e aportes adicionais de R$ 10 mil, para os atuais investidores

“Apesar de pequena, existe a possibilidade de o volume captado na primeira oferta impossibilitar alocação na segunda janela”, informa a XP.

A liquidação se dará no dia 22 de fevereiro.

Criado em 1997, o fundo Verde acumulou valorização de 18.601,56% até 2020, bem distante da variação de 2.223,70% do CDI. Apenas em 2020, o fundo rendeu 3,94%, contra 2,77% do CDI.

A última reabertura do fundo havia sido em 2018.

Invista nos melhores fundos com a ajuda da melhor assessoria: abra uma conta gratuita na XP!

Conteúdo retirado do site: InfoMoney