Grupos conservacionistas lançam projetos para salvar animais em extinção

Um resumo da Upside, divulgado esta semana, analisou as diferentes maneiras de como comunidades de conservação ambiental estão resgatando espécies à beira da morte e da extinção. Um relatório da WWF  estimou que, desde 1970, a humanidade eliminou 60% das populações de animais em todo o mundo, e as regiões selvagens do mundo estão se contraindo rapidamente sob nossa influência.

Foto: Pixabay

Após os dados alarmantes, conservacionistas iniciaram um trabalho notável para salvar as espécies que estão se extinguindo, embora ainda não saibamos se a humanidade é melhor em salvar ou matar espécies em extinção.

Em Barcelona, na Espanha, a repórter Emma Reverter escreveu sobre como as comunidades locais estão trabalhando juntas para salvar os cães galgos da execução após o final da temporada de caça. Atualmente, são salvos cerca de dois mil cães que antes não eram queridos e, agora passaram a ser amados, não só na Espanha, mas nos EUA e em outros países também.

Os movimentos que defendem a redução ou fim do consumo de carne, como o veganismo e o vegetarianismo, também parecem estar aumentando. Um relatório da Waitrose descobriu que um terço dos britânicos pararam ou reduziram a ingestão de carne, sendo um em cada oito vegetarianos ou veganos.


Fonte: R7

Deixe seu comentário