Segundo as entidades, recuo não pode ser considerado uma tendência para 2021 Os bons resultados e as perspectivas positivas nas principais cadeias produtivas do campo brasileiro mantiveram o Índice de Confiança do Agronegócio (IC Agro) calculado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pela CropLife Brasil em elevado patamar no quarto trimestre do ano passado.
Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

Conteúdo retirado do site: Valor