Rodomeu (Divulgação)

A JSL (JSLG3) informou nesta quarta-feira (24) que fechou contrato para aquisição da Transportadora Rodomeu Ltda e Unileste Transportes Ltda (conjuntamente Rodomeu) por R$ 97 milhões. Às 12h58 (horário de Brasília) da sessão desta quarta-feira (24), as ações JSLG3 subiam 5,41%, a R$ 9,54.

A compra visa aumentar a escala e participação no segmento de transporte especializado de cargas de alta complexidade, de máquinas e equipamentos agrícolas e para a construção civil e carga geral, e a entrada no segmento de gases comprimidos, trazendo mais diversificação na exposição setorial.

A empresa detalha que o contrato prevê a aquisição de 100% por R$ 97 milhões em caixa, como Equity Value, contando um Caixa Líquido de R$ 20 milhões, sendo um caixa de R$ 34 milhões e um endividamento bruto de R$ 14 milhões, e um valor estimado dos ativos em R$ 55 milhões.

A Rodomeu foi fundada em 1971 na cidade de Piracicaba (SP) e é especialista no transporte rodoviário de cargas de alta complexidade, que inclui Gases e Químicos, atuando na transferência e distribuição de produtos químicos (GLP, amônia, propano, propeno, butano, buteno, butadieno, peróxido de hidrogênio, entre outros); Máquinas e Equipamentos, transportando máquinas para a construção civil, máquinas e implementos agrícolas, produtos metalúrgicos, siderúrgicos, dentre outros; transporte dedicado de insumos e produtos acabados nos setores de papel e celulose, siderurgia, alimentícios. Atua também em operações especiais sendo, há 12 anos, a transportadora oficial do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a JSL informa ainda que a Rodomeu atua em um modelo asset heavy, com frota própria de cerca de 470 ativos.

“A Ttansação se soma às aquisições da Fadel, Transmoreno e TPC anunciadas nos últimos seis meses e comprova capacidade de execução e a disciplina da estratégia de aquisições da JSL que busca diversificação no seu portfólio de serviços com qualidade no serviço prestado ao cliente. As aquisições somadas trazem uma Receita Líquida incremental aproximada de R$ 1 bilhão por ano, conforme divulgado. As respectivas consolidações ocorrerão sempre a partir da data de fechamento de cada transação. As aquisições são extremamente complementares ao nosso negócio e contribuem para o aumento participação da JSL em distribuição urbana, no transporte de carros novos, gestão de armazéns e transporte de cargas de alta complexidade. Avançamos ainda mais na liderança absoluta do setor com o maior e mais integrado portfólio de serviços logísticos da América do Sul”, afirmou a companhia no comunicado.

(Com Estadão Conteúdo)

Em curso gratuito, analista Pamela Semezzato explica como conseguiu extrair da Bolsa em um mês o que ganhava em um ano em seu antigo emprego. Deixe seu e-mail para assistir de graça.

Conteúdo retirado do site: InfoMoney