O Grupo Lavoro, controlado pela gestora brasileira Pátria Investimentos, encerrou o ano passado com faturamento de R$ 6 bilhões e 42 mil clientes na América Latina. Com fôlego para fazer novas aquisições e ganhar escala, a empresa, uma das líderes do movimento de consolidação do mercado de revendas agrícolas no país, persegue agora a meta de mais que dobrar de tamanho até a safra 2024/25, quando espera faturar R$ 15 bilhões.

Conteúdo retirado do site: Valor