O Corinthians deve ter Léo Santos à disposição para a temporada 2021, que vai começar no fim de fevereiro, com a disputa do Campeonato Paulista.

O zagueiro não entra em campo há quase dois anos por causa de seguidas lesões, mas a expectativa é de que ele volte a treinar com o grupo no início da próxima semana.

Dia 30 de janeiro, quando Léo Santos já tinha esperança em ser relacionado por Vagner Mancini em breve, o jogador teve um edema diagnosticado na região da virilha. O tratamento está na fase final e a transição, com atividades mais fortes no campo, deve começar nesse sábado.

O beque de 22 anos terá, pelo menos, três semanas livres para chegar ao Paulistão 100%, em condições de ser utilizado pelo técnico alvinegro.

Como antes do edema Léo Santos já vinha trabalhando no campo, o condicionamento físico não será problema. O foco agora é dar ritmo, tempo de bola, rodagem ao atleta e, principalmente, segurança para ele jogar.

As lesões
A revelação corintiana defendeu o Fluminense no clássico com o Flamengo, em 27 de março de 2019. Depois disso, passou a conviver mais no departamento médico do que nos gramados.

Primeiro, o jogador operou uma tendinite patelar no joelho. Depois, em 31 de agosto, sofreu uma fratura e teve de passar por nova cirurgia.

Quando estava prestes a retornar, em julho de 2020, Léo Santos teve um novo problema na patela do joelho.

O edema na virilha foi o último percalço.

Histórico
Léo Santos foi promovido ao elenco principal do Corinthians em 2016. Na base, ele já se destacava por ser rápido e ter uma capacidade técnica acima da média.

Em 2018, se tornou titular e, ao todo, fez 41 jogos e marcou um gol pelo Alvinegro do Parque São Jorge.

O Corinthians chegou a ter negociações avançadas para negociar Léo Santos com um clube europeu. Fábio Carille, no entanto, avisou que não pretendia tê-lo no time e resolveu liberar o atleta em 2019.

A diretoria corintiana aceitou pagar todo o salário do zagueiro para ele jogar no Fluminense, emprestado. A intenção era manter Léo Santos em atividade e na Série A para tentar mantê-lo valorizado no mercado.

As lesões, no entanto, acabaram mudando os planos, tanto do jogador quanto do Corinthians.

Agora, o objetivo é recomeçar. Léo Santos tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2023.

Deixe seu comentário

Conteúdo retirado do site: Gazeta Esportiva