quinta-feira, julho 9, 2020
Publicidade
Home Mundo Polícia e manifestantes contra racismo entram em confronto em Paris

Polícia e manifestantes contra racismo entram em confronto em Paris

Segundo a BMFTV, mais de 19 mil pessoas participaram do ato.

Os participantes do protesto responderam ateando fogo em objetos e lançando pedras contra os policiais. Antes, eles marcharam pacificamente por cerca de duas horas.

A manifestação havia sido proibida, por causa das leis restringindo as reuniões com mais de dez pessoas na França, devido à pandemia de coronavírus.

Distúrbios também foram registrados na cidade de Marselha, segundo a agência Associated Press.

Adama Traoré, de 24 anos, tinha origem no Mali. Assim como no caso de Floyd, ele morreu enquanto estava sob custódia policial e, segundo sua irmã, Assa, foi sufocado.

Na semana passada, legistas afirmaram que ele morreu devido a um problema cardíaco, após uma série de avaliações médicas conflitantes nos últimos anos. A polícia francesa alega que ele morreu por um ataque cardíaco causado por uma condição médica pré-existente.

Sua família, porém, diz que el emorreu de asfixia, provocada pelas técnicas de imobilização usadas pelos policiais. Segundo Assa, as últimas palavras de seu irmão foram as mesmas de George Floyd: “não consigo respirar”.

Fonte: G1

- Advertisment -

As Mais Lidas

Itália bloqueia entrada de turistas de 13 países, incluindo o Brasil

Os voos, diretos ou com escala, com origem ou destino a qualquer um destes países estão suspensos. O ministro ressaltou, após...

Estátua queimada de Melania Trump é retirada na Eslovênia

Brad Downey, um artista norte-americano que mora em Berlim, afirmou à Reuters que ele removeu a escultura queimada e desfigurada em...

Autoridades do Japão orientam a não gritar em montanhas-russas para conter coronavírus

Autoridades do Japão estão orientando visitantes de parques de diversões a não gritarem em montanhas-russas e os torcedores a não cantarem durante...

Suprema Corte dos EUA diz que promotor pode ter acesso a dados fiscais de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos deixou claro nesta quinta-feira (9) que o presidente do país não pode escapar de investigações, ao...