O Botafogo apresentou nesta terça-feira mais um reforço para a temporada. O meia Ricardinho chega para dar experiência ao setor de criação do alvinegro.

Ricardinho estava no Ceará e já trabalhou com o técnico Marcelo Chamusca. O meia exaltou sua chegada ao clube carioca.

“Estou muito feliz e grato a Deus por estar aqui no Botafogo. Fui muito bem recebido por todos, senti muita paz aqui. Ambiente familiar, vestiário muito bom e cada um com alegria de estar no clube. Cabe a nós fazermos nosso melhor a cada dia e as coisas acontecerão normalmente”, disse.

O jogador de 35 anos não atua desde o fim do Campeonato Brasileiro. Por isso, Ricardinho admitiu que precisa melhorar a forma física antes de estrear.

“Preciso de mais alguns dias para dar uma base na parte física e na parte de força. E, junto com isso, buscar a parte técnica nos treinos. Vou procurar me dedicar ao máximo para que isso ocorra o quanto antes. Mas creio que mais essa semana estarei em uma condição mínima para poder estar à disposição”, declarou.

No Ceará, Ricardinho atuou como meia de criação e também um pouco mais recuado. O jogador afirmou que Chamusca vai escolher onde ele irá atuar no Botafogo.

“Estou à disposição do professor Marcelo Chamusca que me conhece e sabe onde ele pode me utilizar. Tanto mais ofensivo ou vindo um pouco mais de trás. Não cabe a mim optar ou escolher, mas sim o que ele deseja que eu faça para poder ajudar. Independente da posição eu vou procurar fazer o meu melhor para poder ajudar”, comentou.

Ricardinho vai ficar na torcida nesta quarta-feira, quando o Botafogo terá o clássico contra o Flamengo, no Nilton Santos, pelo Campeonato Carioca.

Deixe seu comentário

Conteúdo retirado do site: Gazeta Esportiva