(Divulgação)

SÃO PAULO – O Carnaval de 2021 está cancelado em boa parte das capitais do Brasil, e diversos governos estudam medidas adicionais para evitar aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em São Paulo, o governo estadual e a prefeitura da capital paulista devem cancelar ponto facultativo no Carnaval deste ano. A gestão de Bruno Covas (PSDB), prefeito de São Paulo, e João Doria (PSDB), governador do estado, deve manter obrigatoriedade de funcionamento de empresas e órgãos nos dias 15 e 16 de fevereiro, respectivamente segunda e terça-feira de Carnaval.

A decisão, antecipada por alguns veículos de imprensa da capital como o jornal Folha de São Paulo e a emissora CNN Brasil, deve ser anunciada oficialmente em coletiva de imprensa marcada para esta sexta-feira (29) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Procurada pelo InfoMoney, a B3, Bolsa de Valores brasileira, informou que manterá os dias 15 e 16 como feriado e não realizará operações nesses dois dias. Embora não haja ainda um indicativo por parte do governo paulista de que o ponto facultativo da quarta-feira de cinzas será retirado também, a B3 também informa que seguirá com o horário especial de negociação na data, com início às 13h.

“A B3 já divulgou, desde o ano passado, o calendário de feriados para 2021 e 2022. As informações estão no nosso site. Não haverá negociação na B3 nos dias 15 e 16 de fevereiro”, diz a Bolsa de Valores brasileira em nota.

Quer ser trader e tem medo de começar? O InfoMoney te ajuda a chegar lá: participe do Full Trader, o maior projeto de formação de traders do Brasil e se torne um faixa preta em 3 meses – inscreva-se de graça!

Conteúdo retirado do site: InfoMoney